ACOBAR

XIII Encontro Internacional Colecionadores - Inscrições Encerradas

A ACOBAR informa que as inscrições encontram-se encerradas devido à lotação encontrar-se esgotada.

 

Para qualquer assunto relativo a inscrições contactar via email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
        

XIII Encontro Internacional Colecionadores

Estão abertas as inscrições para o XIII Encontro Internacional de Coleccionadores. Inscreva-se aqui.
        

 

Moedas da Nossa Historia

O Salão Nobre dos Paços do Concelho recebe, entre 19 de Setembro e 18 de Outubro, a exposição de numismática "Moedas da Nossa História" da ACOBAR - Associação de Coleccionismo de Barcelos.

As moedas são o testemunho vivo da nossa história e nesta exposição estão patentes cerca de 200 moedas distribuídas por de 16 reinados que circularam em Portugal, desde 550 antes de Cristo até ao reinado de D. António, prior do Crato, em 1580.

Em exposição a primeira moeda de circulação mundial: o tetradracma de Atenas, com a coruja da sabedoria e atenta ao negócio, segundo a mitologia, e algumas moedas raras como um triente pré-visigodo, Dinheiros de D. Afonso Henriques, de D. Sancho I e D. Afonso II, Reais, Graves, Barbudas e Torneses de D. Fernando, Leal de D. Duarte I. Também se pode ver a mais pequena moeda que circulou em Portugal, o Cinquinho de D. Manuel I.

 

 

Lançamento Encarte

Lançamento do Encarte Figurado de Barcelos

18 Novembro - 18 horas

Museu de Olaria Barcelos

Figurado de Barcelos

A 7 de agosto de 1515, o Rei D. Manuel I concedeu à Vila de Barcelos uma Carta de Foral, no quadro da reforma administrativa iniciada naquele reinado.

Este Foral era semelhante às centenas de forais dados à generalidade dos municípios portugueses pelo Rei Venturoso entre 1504 e 1520.

Se os forais dados aos municípios pelos monarcas da Primeira Dinastia eram instrumentos fundadores de concelhos e estímulos ao povoamento, vinculando a independência e autarcia municipal dos seus habitantes, os forais Manuelinos tinham um propósito diferente: visavam a actualização dos preços e a fixação das normas a observar no pagamento e na recolha dos tributos devidos à Coroa, incidindo sobre os diferentes aspectos da vida do Concelho.

Assinalando-se os 500 anos da atribuição do Foral Novo a Barcelos, a presente exposição de Postais Antigos procura mostrar aspectos do património, cultura e tradições de Barcelos entre 1900 e 1960.

É uma viagem à cidade de Barcelos, realçando vertentes patrimoniais e artísticas de inegável interesse

 

Está dísponivel o livro "Barcelos no BIlhete Postal Antigo" na loja online.

 

 

Newsletter

Certifique-se que não perde acontecimentos interessantes, subscreva a nossa Newsletter!

Contacte-nos

Ligue-se a Nós